Resenha: Kurt Seyit ve Şura – Série Turca na Netflix

18:58 Fernanda Bizerra 40 Comments



Depois de infinitos dias assistindo o relato, de Kurt Seyit e Şura que, além de enfrentar grandes fantasmas que a vida lhes apresentou, também enfrentaram uma guerra. Não apenas aquela com bombas e soldados armados por todos os lados, mas também a mais perigosa de todas, a que envolve sentimento e não importa se foi amor, ódio, traição e inveja.

Kurt Seyit e Şura Verjenskaya enfrentaram o mundo para viverem o amor intenso que surgiu em seus corações desde o primeiro olhar. Um sentimento que podia ser sentido de longe por todos. No entanto, onde existe um grande amor, a inveja sempre estará lá com os olhos do tamanho do mundo em cima. O casal  não encarou apenas um invejoso, mas metade do universo. Claro que estou exagerando um pouco, mas foi assim que vi a vida de ambos.

SINOPSE: Kurt Seyit ve Şura é sobre as aventuras de duas pessoas apaixonadas que, durante a Primeira Guerra Mundial, a Rússia é forçada a abandonar suas vidas e familiares durante a revolução russa e a fugir para Istambul. A jornada de Kurt Seyit Eminof ( Kıvanç Tatlıtuğ ), um tenente da Criméia e Şura ( Farah Zeynep Abdullah ), a bela filha de uma nobre família russa, conta sua história dos dias de magnificência em Petrogrado, na linha de frente dos Cárpatos, Dos tumultos, à revolução, de Alushta à Istambul ocupada, a Pera na década de 1920. É a jornada de seu amor.

Kurt Seyit, um bonito jovem turco da costa sul da Criméia e o primeiro tenente da Guarda Imperial de elite viu a morte de perto por muitas vezes, mas por Deus ele sempre saiu ileso, afinal tinha muitas vidas para salvar. Um homem intenso que colecionou muitas mulheres ao longo da vida e uma delas foi a Baronesa Lola. Uma mulher apaixonada que fez muito para colocar um fim no amor que via nos olhos de Seyit. Infernizou Sura o quanto pode, com ajuda de Petro, aquele que se diz amigo de todos, mostrando-se um traidor. Lola foi a responsável por revelar a todos a verdadeira face de Petro Borinsky.

Sura, ah! minha querida Sura! Primeiro uma menina, que se entregou ao amor com um único olhar. Algo tão belo quanto o céu, o que ela não sabia foi que, no momento em que se apaixonou por Seyit, a inveja se levantou do túmulo e ficou ao seu lado com sua sombra. Ao longo dos dias, aquela menina virou uma
mulher que foi obrigada a crescer, pois o mundo não era um conto de fadas e que amor não trazia apenas felicidade.

Todo ser apaixonado faz algumas criancices e com ela não foi diferente, no entanto, manteve-se sempre honrada, lutou bravamente por seu amor, mas como batalhar contra o mundo?! Muitos podem entender como fracasso ou desistência, porém Şura e Seyit viram que apenas AMOR não alimenta uma relação. Mesmo tão intenso quanto o deles, não foi suficiente e assim cada um seguiu seu próprio caminho. Novos passos, novas pessoas. Ele traiu Sura?? Sim. Com quem? Apenas uma desconhecida.

Já Petro foi um homem sujo, traiçoeiro que esfarrapou não apenas sua honra, mas a de seus pais e lutou como o diabo para colocar fim a vida de Seyit. Seyit considerava-o como amigo pelos longos anos de amizade que mantinham e ainda o protegeu em certos momentos. No entanto, Petro foi um daqueles lixos invejosos que até mesmo sua sombra fazia murchar a vida por onde quer que fosse.

Em algumas ocasiões, ele salvou Seyit, mas sempre com a intenção de parecer um herói aos olhos de Sura. Foi responsável pelo fim da família de Seyit. Pessoas inocentes se foram e serviram como ponte para o sucesso de Petro. No último capítulo, confesso que fiquei extremamente nervosa e ansiosa, o fim desse lixo foi plantado com suas próprias mãos. Petro literalmente cavou sua própria cova, onde Seyit teve apenas o trabalho de jogar terra em cima. Devo dizer que ele ainda não estava morto quando foi enterrado. Triste, eu sei! Um crime? Sim.


Quanto à Tina, a irmã de Sura, ainda estou na dúvida entre amor, ódio, raiva ou repulsa mesmo. Às vezes, não sabia se ela apenas protegia a irmã ou se corroía de inveja. Foi uma das responsáveis por colocar um oceano entre o amor da irmã e Seyit, ela nunca o aceitou como merecia. Assim como o pai de Seyit que nunca aceitou Şura e morreu sem dar a benção ao filho. Por tradição da família de Kurt Seyit ele deveria se casar com uma turca e não com uma russa.



Ahmet Yahya foi um ser admirável e marido de Güzide, uma menina que viu a possibilidade de seu amor ir para o ralo. Tatya era namorada de Celil Kamilof, o primeiro e único amor de Güzide, uma garota cheia de amor que aceitou um casamento arranjado com Ahmet Yahya em um momento de desespero quando o amor doeu tanto que ela não suportou e fugiu.

Não sei descrever o amor que senti por esses dois, Celil e Güzide que mesmo morrendo de amores um pelo outro não se sujaram com a traição. E saber que o amor deles teve frutos e que foram felizes me deu certa paz (rs). Claro que fiquei triste pelo fim trágico de Ahmet Yahya, mas ele escolheu traçar tal destino.

Que mulher foi Alya Sokolova? Admirável apenas! Teve seu momento de tolice, mas quem nunca? Porém, isso jamais tirou minha admiração por ela e confesso que fiquei imensamente feliz em saber que sobreviveu há tantas controvérsias. Te amei Alya Sokolova.

Ayşe. A porca invejosa e demoníaca Ayşe. Aquele ser que apenas ao olhar sabemos que vai fazer coisas ruins. Aquela coisa de aura preta 😠😠 que mulher suja cara.  A raiva sem medida que tive dessa mulherzinha de quinta categoria, venenosa e odiosa.

Mürvet ou Murka, como queira. Uma linda mulher, uma menina admirável.  Este serumaninho lindo casou-se com Seyit, pois é o mundo dá suas voltas e ele acabou fazendo a vontade do pai. Nada na vida desse homem foi fácil, todas suas relações amorosas começaram de forma conturbada e com Mürvet não foi diferente, mas não foi nada que colocasse um oceano entre eles, apenas a sebosa Ayşe que ficou lá infernizando, ô mulherzinha sem limite.  O diabo passa do limite 😠😠

Fiquei triste por não ter dado certo com Şura? Fiquei, mas estive feliz e entristecida pela relação dele com Mürvet. Após a partida de Şura para Paris, ela se casou com Serge o que me causou felicidade em saber lendo em relatos na internet, pois a participação dela acaba com sua partida no navio, mas há quem diz que ela e Seyit trocaram cartas por toda a vida. Depois ela foi para os Estados Unidos e casou novamente e teve uma filha. Dizem também que a filha dela e Serge faleceu ainda pequena.

O final de Seyit é realmente triste, pois foi um homem forte durante toda a vida, mas a partida de seu verdadeiro amor e o mundo entre eles causou feridas incuráveis o que trouxe depressão, sombras e fantasmas que ele nunca conseguiu lidar. Ele não teve coragem de ir atrás de Şura por amor às filhas, afinal de contas, nunca chegou a amar Mürvet o que creio que causou muita dor a ela. No entanto, ela se casou sabendo que teria a possibilidade de nunca ser amada. Tola? Sim, mas foi o que escolheu para si. Foram felizes no início, mas com o passar dos anos ele se tornou um alcoólatra e um suicida chamando por Şura.

Não achei último capitulo horrível como muitos disseram, claro que ficaram coisas sem explicação, mas a última cena é feliz. O que muitos reclamam é porque não falaram da vida inteira até o final, mas a vida seguiu seu curso mesmo assim. Passaram dias e anos de sorrisos e choros. O final me satisfez!

Kurt Seyit e Şura Verjenskaya aprenderam e nos ensinaram o que sempre digo: amor não é suficiente, é preciso alguns pilares que o sustente como conversa e confiança.Mentiras e ocultações não devem fazer parte de um relacionamento.


A trama é baseada nos livros da autora Nermin Bezmen que serão publicados no Brasil pela Pedra Azul Editora. A previsão de lançamento é Setembro de 2017. Enquanto isso, assistam a série com 46 episódios na Netflix 😊😊

Siga o blog nas redes sociais:

Beijos Fê :*

40 comentários:

  1. Nossa!!! Que diferença do Seyit da vida real em comparação com o ator que interpreta ele.

    ResponderExcluir
  2. Nunca se da valor aos costumes na juventude! Mas, os costumes familiares se impõem na vida das pessoas. Isso é universal, ou seja, para todas as culturas. Quanto ao amor deles: devido à intensidade inicial, sempre cobrou muito ao longo do relacionamento. Nunca conseguiriam ter uma família equilibrada devido a "loucura" provocada pela intensa paixão. Isso realmente foi vida real!

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ver essa série ontem, vi 3 episódios e já gostei!! Irei ver os outros. Eu não gostei da irmã da Sura. E q diferença entre Kurt da vida real e o da série, não. E a Sura da vida real era bonita.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que ela só queria ajudar, mas sei lá hahahaha
      Pois não é, o da serie é mega lindo rsrs

      Excluir
  4. Essa série foi a melhor de todas que já assisti. Três vezes em menos de 3 meses, loucura? Não! Simplesmente porque o seu final é compatível com a nossa realidade (bem, de fato é baseado em fatos reais a estória de Seyit e Sura)...enfim... nos faz refletir sobre como alguns sentimentos e atitudes (orgulho,franqueza) podem comprometer uma relacionamento, ainda que exista amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patricia! Nossa, você realmente se entregou de corpo e alma rsrs. Vi apenas uma vez e amei demais e provavelmente quero revelos no futuro, pois coisas boas é bom dar segundas e terceiras olhadas.

      Sim, a vida é desta forma e amor não sutenta tudo.
      Beijokas e obrigada pelo carinho de passar por aqui

      Excluir
  5. Hello!
    I loved the post, I didn't know your blog and I followed it, would you follow mine back?

    Greetings!
    Obsesión por la lectura

    ResponderExcluir
  6. Vi a série em 3 dias, viciada, amei essa história, mas quando descobri que foi real, e que acabou assim, que tristeza, sério, fiquei mal, não quis ver nenhuma cena dele com a Mürvet, haha muita raiva, mais triste ainda saber que os dois não se reencontraram e se for verdade esse final do Seyit, uma história tao linda, chorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Nossa, três dias foi muito pouco hahaha.
      Eu meio que senti muita pena dela, pois lutou por aquilo que queria mesmo sem se importar com as consequências. E claro fiquei muito triste pelo final de todos.

      Beijokas!

      Excluir
  7. Pra quem ta reclamando do Seyit verdadeiro, gente é apenas uma foto mal tirada preto e branco, e ainda sim dar pra perceber seu porte galente, tudo bem que o ator é um Deus...mas não dar pra julgar o outro apenas por uma foto tão crua, eu abandonei a série no cap 9 me recusei sofrer com o final triste dessa linda história de amor...de triste ja basta minha vida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adaptação sempre vem em épocas muito distintas e as belezas são literalmente diferente aos olhos de quem vê.

      Poderia ter concluindo, pois apesar de tudo é a verdade nua e crua das escolhas que fazemos na vida. 😙😙

      Excluir
  8. Assisti e confesso que fiquei arrasada, ainda estou. Acredito q ele se arrependeu profundamente das escolhas que fez (isso me faz pensar nas palavras do pai dele, ele nunca teve coragem de seguir sem romper com o pai e, foi infeliz e tornou a vida da esposa tb).
    Por isso temos q ter cuidado com nossas escolhas, elas simplesmente podem afetar tudo ao nosso redor. 🙁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Apesar de ser um homem forte por lutar em guerras, ele não conseguiu se livrar das palavras do pai e no final ele sempre se culpou pela morte da família.

      😘😘😘

      Excluir
  9. Nossa Ameiiii😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  10. Caramba parece que leu meus pensamentos😨. Concordo com vc. Desde o 1¤ capitulo viciei na série. Ainda bem que estou de férias jjkk. Mas bem que eles podiam terminar juntos, isso fecharia a seria do chave de Ouro e renderia mais $$$.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha que bom que pensamos as mesmas coisas!
      Realmente seria ótimo se o final fosse juntos, porém é apenas a arte imitando a vida! 😘😘😘😘😘

      Excluir
    2. Gente estou amando essa série...principalmente porque eu namoro un estrangeiro marroquino se chama Abdullah...compartilho com ele quase todas as cenas que assisto.... e pasmen a mãe dele me aceita mas o pai....não

      Excluir
  11. No geral, o dramalhão turco até que emplaca, apesar das muitas falhas na adaptação da obra original. No livro, por exemplo, Petro não assume um papel de vilão tão marcado por tramoias de todo o tipo na tentativa de separar Seyit de Süra. Determinadas passagens também ficam soltas (uma Tina mais velha surge como narradora - lá pelas tantas no episódio 26, algo absolutamente deslocado na narrativa, do mesmo modo que a cena de sua morte (de Tina), no finalzinho do episódio 30).
    Outra falha no roteiro é a mudança de comportamento de Süria. Inverossímil, a meu ver.
    Lembremos que ela não queria mais ver o Petro, depois que ele se declarou para ela. De repente, durante o período em que Seyit esteve preso e quase foi executado ela não só aparecia em fotos ao lado do canalha, como vivia enroscada nele, abraçando-o e agindo de maneira frívola. Ora, esperava-se que ela mantivesse Petro afastado, não?
    Não convende essa mudança de atitude nela, bem como a atitude de continuar vivendo com Tina em vez de tentar reatar com Seyit, logo quando ele é libertado.
    O final, por exemplo, é decepcionante. O irmão de Seyit que já dávamos por desaparecido cai de paraquedas no último episódio. Tudo de modo apressado.
    Sinceridade? Detestei o último episódio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo isso como jeito de pega o publico, afinal seu Seyit as coisas ficariam paradas e meio sem graça. Porém, essas falha no enredo são realmente ruins.

      Beijokas!

      Excluir
  12. Que série foi essa?? Espetacular
    Antes de terminar de assitir havia lido a resenha e confesso que me deu vontade de parar de assistir , mas mesmo assim continuei assistindo e cada vez queria ver mais. A morte dos pais de seyit e do seu irmão caçula Osman foi de cortar o coração, e da Tatya a primeira amada de Celil nem se fala , foi muito triste. Pra mim o amor de seyit e sura foi lindo de se ver até eles chegarem em Instabul, depois que eles chegaram lá o amor dos dois mudou , o olhar deles mudou , pra mim tudo mudou e confesso que adorei ele com a Murvet, fiquei até mais empolgada com Celil e Guzide do que com suit e sura quando estavam em Instabul.Alya foi guerreira conseguiu ajudar muito e se vingou da morte do seu irmão.Odiei quando Seyit saiu da priosão e la estava sura nos braços do Petro afff eu não aguentava aquela melação dela com ele e isso me fez não gostar mais dela , enfim ela se perdeu no meio da série.
    O final foi digno e me supreendeu,Seyit conseguiu vingar sua família matando Petro , conseguiu salvar a pobre Alya,e pra mim se entrgou de corpo e alma para Murvet gostei de ver a felicidade e os frutos que tiveram , e adorei o irmão do seyit ter aparecido e ter mostrado que ele ficou bem apesar de ter perdido uma perna coitado, e Celil e Guzide finalmente se entregaram ao amor , o amor dela por ele er aantigo desde de Aluhsta e ele mal sabia ,que bom que ela foi correspondida. E essas suposições que não aconteceram na série não consigo imaginar sem ter visto hahaha , então pra mim Sura foi embora e continuou amando seyit , e Seyit conseguiu seguir sua vida e foi muito feliz com sua esposa Murvet e família e acabou fazendo a vontade de seu pai de se casar com uma moça Turca , como o pai morreu sem dar a benção ao amor dele com Sura e de forma trágica ,deu uma sensação de que o pai dele ficou feliz e perdou ele com seu casamento com a Murvet.
    Abraço!
    Dica : assitam Tempos de guerra , estolu ansiosa pela 2° temporada , é ótima também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Ficou muita coisas entalada na garganta, porém uma história verídica tem seus percursos de percas, afinal o ser humano é exatamente desta forma. Fico feliz que tenha assistido e também lindo meus devaneios a respeito!

      Assim que possível irei ver sua dica.

      Excluir
  13. Melhor resenha... Eu cai de cara numa maratona que virou noites. Só achei que deveriam ter mostrado como ficou a vida de Sura depois que foi embora como mostraram a vida de Seiyt. Odiei terem dado destaque só a vida dele, afinal a estória era sobre os dois.Vou comprar o livro pois mudaram muito o roteiro original.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha amado não somente a série, mas minha resenha também. Nem me fale pois quero muito ler os livros também.

      Beijokas

      Excluir
  14. Olá,tbm olhei essa série e vou dizer que amei mesmo tendo sofrido um horror ao ponto de pular varios capitulos para não ver algumas cenas...mas tbm concordo que houve algumas coisas que ficaram estranhas,realmente a mudança de comportamento de Sura que hesitou em voltar a morar com Seyit e com relação ao Petro. Achei o filme muito bem feito, a atuação de todos foi muito boa ao meu ver,mas fiquei impressionada com a atuação da Sura,pois ela é extremamente expressiva,soube muito bem demostrar cada sentimento.Aquele crápula do Petro que no filme mais parecia uma barata nas frestas...sempre estava numa janela ou numa porta ouvindo tudo,deu a entender no filme que tudo deu errado por culpa dele sempre escutando tudo e interferindo em tudo.Eu gostaria de saber mais detalhes da vida real deles como:exatamente por que eles se separaram pois esse amor tão grandioso de ambos os lados o que poderia separá-los? E tbm queria saber quantos anos eles viveram juntos? Quantos anos eles tinham qdo. começaram e qdo. se separaram? quantos anos ele tinha qdo. morreu? E ela? Quais os personagens que existiram mesmo? Então amigas...é isso...adorei a série assim como adorei Outlander tbm...porém Kurt Seyit e Sura é mais pesado e sofrido mas muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia achei isso aqui no facebook:

      https://m.facebook.com/kivanctatlitugnorthamerica/posts/289048671504225?comment_tracking=%7B"tn"%3A"O"%7D

      Excluir
    2. Oie
      Realmente fica muitas coisas que temos curiosidades em saber, porém tem o livro que foi lançado pelo Pedra Azul editora que deve ter todas essas curiosidades.

      Beijos

      Excluir
  15. Acabei de assistir o último capítulo. Nossa, estou decepcionada. Mas amei assistir.

    ResponderExcluir
  16. Gente amei, nunca chorei tanto assistindo a uma série. Concordo com muita coisa que a Renata Bianchi escreveu (principalmente a Tina que surge do nada e aquele grude da Shura com o Petro). Mas a série tem cenas belíssimas, como a delicadeza do primeiro beijo deles, a cena do banho no episódio dez...e o que é a beleza desse ator que interpreta o Seyit, além de lindo ele passa uma tristeza profunda através daqueles olhos azuis tão expressivos, confesso que tem cenas que eu tive de ver mais de uma vez de tão lindas. O casal Celil e Güzide cresce ao longo da série e fiquei feliz com o final deles, digno e merecido. Tive dificuldade de aceitar a Mürvet, apesar dela não ter culpa de nada, talvez eu que seja româtica demais. A trilha sonora é belíssima e enriquece a série. Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee

      Sim, tem essas coisas ruins sobre Sura, mas....
      Os atores trabalharam lindamente mesmo que até nos surpreende com suas atuações e as expressões e acho que gostei mais por isso.

      Beijos e obrigada

      Excluir
  17. Achei esse link que relata um "perguntas e respostas" com a autora do livro, neta de Seyit. http://www.willowandthatch.com/kurt-seyit-sura-netflix-author-interview/

    ResponderExcluir
  18. Amei a resenha disse tudo e mais um pouco a respeito do que achei. Fiquei muito decepicionada com o final pois por mas que seiyt tenha ficado com murvet acredito eu que se tivessem feito uma cena dele sozinho pensando na sura na história deles desde o inicio até o fim acredito eu que acalmaria o coração dos fans pois foi um amor imenso o qual eles tinham um pelo outro e eu não entendi como o seiyt ficou rapidamente tão a vontade com murvet por mais que ele fosse um homem de palavra e quisesse manter seu casamento com murvet. Achei que as cenas dele com murvet faltou a sura faltou a essência da sura no olhar dele. Pois como vcs comprovaram ele tem um olhar muito expressivo. Em fim como foi um fato essa história faltou mostrar a verdade que mesmo casado ele nunca esqueceu a sura e isso me fez falta ver. Em fim amei a resenha e amei ler todos os comentários 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sei se aceitei ele com a Murvet rsrsrs porém cada um com seu destino seguiu deixando nos querendo mais. E seria muito legal se houvesse existindo essa cena.

      Beijokas e obrigada

      Excluir
  19. Boa tarde a todos...Eu também amei a resenha !!! Gente a curiosidade foi tanta que não me contive em ler essa resenha e saber o fim desse drama. Série muito boa que me fez ficar em casa e querendo sempre assistir sempre mais. Uma drama...uma historia baseado num amor impossível, tão impossível que permitiu eles não ficarem juntos. Gosto dessas séries turcas...gente assistam também Karadayi tenho certeza que vão gostar !!! Só queria saber quando vai voltar ?? Um abraço!!

    ResponderExcluir
  20. Estou assistindo pela segunda vez, o spoiler me ajudou a ver até o final, gente o Petro não tinha sangue nas veias!kkk Acho que muita gente se prende no orgulho e destrói histórias realmente feitas pra ser feliz. Sura foi muito burra, mas Seiyt era um soldado, nunca ia dar certo .

    ResponderExcluir