A Língua Portuguesa e a Internet por Antonio Henrique

00:00 Fernanda Bizerra 47 Comments

Oi Gente!

Outro dia eu estava vendo uma matéria sobre o uso da Língua Portuguesa na internet, sobre o quanto ela ficou mais pobre. Concordo. Sim, o uso da língua ficou mais pobre, mas a culpa nem é totalmente da internet e sim da urgência das pessoas de escreverem e fazendo isso rápido.

Os primórdios para se escrever de forma rápida e concisa, acreditem ou não começou nos telegramas... sim o SMS já foi texto escrito e passado de forma até mesmo telegrafada.

Com o advento dos telefones celulares, mesmo aqueles que só tinham a tela verde, memoria para cem telefones, o uso de mensagens rápidas foi mais acentuado. Acredito que nunca se escreveu tanto quanto no final do século XX.

E ficou pior com a internet... surgiram os chats (alguém lembra do ICQ?), depois veio o mais famoso bate papo... o MSN ou Messenger. Mas foi com o Twitter que se acostumou a falar menos, e é claro, para falar menos, com mais, foi preciso o uso de abreviaturas, aquelas que tanto conhecemos: VC, TB, VLW, FLW e muitos outros, incluindo aí as carinhas (emoticons).

Aí alguém pode estar me perguntando porque estou fazendo um passeio pela história da comunicação social. Bem, é porque para nos comunicar precisamos usar a linguagem escrita e foi com essas mensagens, seja em bate papo do MSN, mensagens do Twitter, SMS dos celulares, mas principalmente com o zap zap (tá, é Whatsapp) que a coisa degringolou.

A comunicação das pessoas através de redes sociais foi o que escancarou um problema muito grande no nosso país. A falta de educação. A da escola. Diminuímos muito o analfabetismo, no entanto, muitas pessoas mal sabem assinar o nome, quanto mais escrever um texto com coerência e utilizando-se das normas gramaticais. Fiz faculdade de Letras, e lá aprendi muito sobre a nossa língua, apesar de muito complexa. Realmente. É muito complexa, mas vamos convir que estudamos 11 anos de nossas vidas e ao final desse período tem muita gente que continua só sabendo assinar o nome, mal e mal.  E são onze anos estudando praticamente a mesma coisa.

Chegou-se ao absurdo de os nossos líderes (?) anunciarem que iriam fazer uma grande mudança (mais uma) na Ortografia da Língua Portuguesa. Iriamos escrever conforme falamos, e principalmente, seria institucionalizada a forma como é escrita nas redes sociais.

11 anos estudando para escrever e falar bem, para que? Para vir alguém dizer que o que importa agora é o que as pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar escrevem.

Acho que o problema é mais embaixo, ou melhor, na forma do Estado trabalhar a Educação do país. Normas sempre existiram, em qualquer língua. Duvido que na França, de Victor Hugo, como eles gostam de dizer, iriam sugerir tal ideia. E olha que falei SUGERIR... quanto mais apresentar projeto.

Precisamos atacar essa situação na fonte. Lá no início da vida escolar. É valorizar o correto. Se temos normas, precisamos utilizar. Professores e alunos têm que ter consciência disso.  Quanto eu era garoto na escola se fazia ditado. Não vejo mais essa prática. E os pais também têm que aprender que parte deles também o papel de incentivar os filhos a ler e escrever melhor, que será bom para eles (que não serão motivos de piadas) e para o futuro profissional de cada um.

Existe um pobrema... e esse é o problema.







Antonio Henrique 
Autor e colunista.
Visite Navio Errante 





Siga o blog nas redes sociais:

47 comentários:

  1. Muito interessante e útil o texto.
    Sabe que eu não sei escrever na língua da internet, com abreviações? Acho feio e tem coisa que nem entendo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Helana,
      Concordo com você, tem muita coisa que acaba se perdendo e não se consegue entender. Eu tento sempre escrever conforme as regras e sem abreviações, mas às vezes não tem jeito.
      bjs

      Excluir
  2. Você fez Letras? Que máximo!! Estou cursando agora e amando esse mundo <3
    Parabéns pelo blog!
    Abraços,
    Alexandra
    http://thebestwordsbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale,
      Sim, fiz Letras Inglês, e é um ótimo curso.
      bjs

      Excluir
  3. Olá Antônio
    O governo que o povo burro por isso essas mudanças na nossa língua. Concordo com você que muitos estudam muito e não sabem escrever, comendo letras ou fazendo o uso erradamente de várias delas, eu acho que deveria ser investido muito mais na alfabetização e sua continuidade, afinal nosso país tá ficando burro.
    Fico boba com várias coisas escritas na internet, dá vontade de socar a pessoa.
    E infelizmente a internet deixou as pessoas mais acomodadas e reduzidas com as palavras.
    Ótimo texto amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Antônio
    O governo que o povo burro por isso essas mudanças na nossa língua. Concordo com você que muitos estudam muito e não sabem escrever, comendo letras ou fazendo o uso erradamente de várias delas, eu acho que deveria ser investido muito mais na alfabetização e sua continuidade, afinal nosso país tá ficando burro.
    Fico boba com várias coisas escritas na internet, dá vontade de socar a pessoa.
    E infelizmente a internet deixou as pessoas mais acomodadas e reduzidas com as palavras.
    Ótimo texto amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelle,
      O investimento de base é essencial. Só assim as pessoas poderão escrever melhor e com mais entendimento.
      Obrigado MI.
      bjs

      Excluir
  5. Olá,
    Adorei a postagem e concordo. Infelizmente as pessoa escrevem e leem cada dia pior. Eu dou aula para uma classe de adolescentes e é uma dificuldade quando peço para alguém ler alguma coisa. Escrever então, não dá para entender quase nada. Mas hoje em dia estão preocupados em não reprovar o aluno e não em ensinar. Caderno de caligrafia para que? Só vou escrever no celular mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sil
      Obrigado. Essa indústria da internet só piora a situação que já não está bem nas escolas. Temos que fazer algumas mudanças quanto a isso.
      bjs

      Excluir
  6. Olá,
    É um fato bastante triste: Algumas pessoas passam tantos anos da escola e saem de lá sem saber escrever corretamente o básico do básico. Quando o assunto é educação, existe tanta coisa que precisa ser debatida!
    Seu texto está ótimo, extremamente crítico, muito bem escrito! Parabéns!
    Historiar


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thamiris,
      Muitas coisas acabam acontecendo para que o aluno nao aprenda a ler e escrever corretamente. Uma delas é que a grande maioria acaba nao gostando da matéria, quando ela é totalmente essencial. Começa em casa, passa pelo professor e depois com a vida. Todos têm que incentivar de algum modo.
      Obrigado pelo elogio.
      bjs

      Excluir
  7. Ditado, caligrafia, interpretação de texto.
    Escrever algumas linhas com a palavra que errou no ditado no caderno de caligrafia... Eu fazia isso quando criança e fiz isso com meus alunos, até que com a "reformulação ortográfica", nos tiraram esse direito. Digam o que quiserem mas a educação construtivista veio pra acabar com o que tínhamos que já não era bom. Entenda, não tenho nada contra o lúdico, o construtivismo, não mesmo! Tenho contra é não saber ensinar usando esse método! Para alfabetizar brincando, primeiro devemos saber cobrar a sério...e isso é o que falta aos educadores hoje!
    Muito bem colocado teu post!!!
    Abraços
    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise,
      Obrigado e concordo em tudo o que vc disse. Precisamos de novas ideias para que as crianças possam aprender a ler e escrever corretamente, e gostem disso.
      bjs

      Excluir
  8. Olá Antonio,
    Isso é muito triste, sempre há uma justificativa para o fato da pessoa escrever errado. Que não teve acesso à escola ou, ainda, não teve bons professores. Como a Thamiris falou em seu comentário, quando o assunto é educação, existe tanta coisa que precisa ser debatida.
    Tenho uma colega de trabalho que escreve muito errado (eçe, treim, tabeim...), mas ela tenta aprender quando eu falo que esta errado e acho que é isso que falta no mundo: força de vontade.
    Adorei seu texto.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna,
      Obrigado. O Mais importante é que a pessoa queira aprender. Só isso já é meio caminho andado. Quanto à internet, poderia ser mais utilizada para isso, mas infelizmente usam exatamente para o contrário.
      bjs

      Excluir
  9. Ok, estou completamente chocada aqui. Sou muito desligada de tudo, sério isso de que queriam institucionalizar a forma como as pessoas escrevem nas redes sociais (tipo nessa ilustração aí)? Socorro! Isso que é o fim do mundo, fala sério. Pois é, eu também fazia ditado, nunca deveriam parar com essa prática... e essa aprovação automática é o fim... depois não entendem porque as pessoas não aprendem a escrever.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,
      Sim, queriam exatamente isso. Nosso Brasil de hoje. Infelizmente.
      bjs

      Excluir
  10. Oie
    Ainda bem que outras pessoas viram que não seria possível escrever conforme falamos e que isso foi uma ideia maluca de uma pessoa. Acho que escrever ou falar "mal" vai muito além do uso das redes sociais. Na verdade este uso pouco influencia na escrita. Todo falante é capaz de desenvolver vários tipos de discursos para usar em diversas situações de comunicação.
    Conhece linguística? E o que a linguística pensa sobre estas coisas?
    O problema é outro!
    Bju grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lê
      Isso foi alguma ideia de algum "esperto" do governo, para evitar que os alunos voltem para a sala de aula e que os vejamos como alunos que nada aprenderam. Independente daqueles que nunca tiveram oportunidade. Saber ler e escrever vai muito mais além do que assinar somente o nome.
      Sim, conheço Linguística, estudei na faculdade. é tudo questão de comunicação, e como essa comunicação é feita, dos instrumentos utilizados..
      bjs

      Excluir
  11. Que legal essa postagem! E é muito bom abordar esse assunto... Parabéns e continue assim.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcio
      Obrigado e temos sempre que abordar um assunto que faz parte de nossas vidas e de nossos filhos.
      um abraço,

      Excluir
  12. Concordo que cada vez mais estamos nos habituando a abreviar as palavras. E que isso contribui para o assassinato da língua. Mas não vejo como poderemos mudar, pois os pais de hoje são diferentes dos de antigamente. Mas tenho fé que tudo ficará bem se as mudancas comecarem por pessoas que tem consciencia.(digitar no celular não é fácil.) Bjos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elisandra
      Mudanças sempre são bem vindas na nossa Língua Portuguesa, mas mudanças positivas e que venham para contribuir com a própria Língua. E concordo, digitar no celular não é fácil, ainda bem que tem corretor kkkk.
      bjs

      Excluir
  13. Oie!
    Nossa, adorei o seu texto! Realmente, está cada vez mais dificil entender o que as pessoas querem escrever. Falta de pontuação, acentuação, de um texto coerente... é quase como uma tradução rsr
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carla,
      É um exercício de tradução hehehehe.
      bjs

      Excluir
  14. Ola´´a
    Adorei o texto e o tema, acho muito interessante quando esse tópico é discutido pois realmente deve ser, muito interessante mesmo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catharina,
      Obrigado, sempre temos que discutir quando a questão é educação. E boa educação.
      bjs

      Excluir
  15. Eu entendo a necessidade de abreviar, mas escrever errado não tem desculpa. Eu achei seu texto sensacional! A língua portuguesa não é fácil, mas também não tem porque tornar ridícula ao escrever como se fala. Tenha dó!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dessa,
      Obrigado. Exato, escrever com abreviação é uma coisa, escrever errado é outra e manter-se no erro é pior ainda.
      bjs

      Excluir
  16. Olha eu gostei bastante da postagem, até porque é uma realidade que acontece muito mesmo.
    Eu sinceramente sempre gostei de escrever tudo certinho, até mesmo no computador, mas as vezes dá aquela preguiça e a gente abrevia algumas palavras para poder mandar a mensagem logo, mas mesmo assim sou muito chata em relação ao meu português e presto atenção até na acentuação quando vou comentar nos blogs ou postar uma resenha em meu blog. Até mesmo mensagem no celular fico doida quando a palavra sai errada. Enfim... Mas a internet tem mesmo modificado e prejudicado muito a escrita dos adolescentes hoje em dia e acho isso péssimo, mas acho que todos tem que ter noção né? Mas enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-separada-e-dividida.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana,
      Obrigado.Sim, uma dura realidade. Mas abreviar é um recurso que podemos usar. o problema está quando se escreve errado e o Governo acha que está certo e que todos devem escrever assim. gosto de escrever certo, foi a educação que recebi e a faculdade que fiz. Mesmo na internet gosto de escrever certinho.
      bjs

      Excluir
  17. Super bacana o texto. Lembrei que eu sofria por não ter internet em casa e não poder ter conta do ICQ hahaha Como é engraçado as coisas que a gente se importa em certos momentos da vida né?
    Eu sou a favor de algumas regras da língua portuguesa serem alteradas - aquelas super complicadas e que não se usa para praticamente nada, agora alterar para como se fala ou para aproximar do que se vê no mundo online estou totalmente do lado que é contra.
    Acredito que a língua se atualiza com o tempo (lembra do vós de muito antigamente?) mas atualizar não é sinônimo de avacalhar de vez não é mesmo?

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lica,
      Exato. Não podemos avacalhar com a nossa Língua Portuguesa. Devemos e podemos sempre melhorar, mas não deixar pior do que está.
      bjs

      Excluir
  18. Oi!

    Adorei o post e concordo! Aliás esse é um tema muito recorrente em provas como foi o caso do ENEM hoje. Parabéns pelo post!

    Beijos, Maria.
    http://nerdsideblog.tumblr.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      Obrigado, é um assunto que devemos sempre conversar.
      bjs

      Excluir
  19. Olá!!

    Parabéns pelo texto!! Eu concordo! A língua portuguesa está perdendo sua credibilidade. Eu tento no máximo evitar abreviações nas frases e sempre utilizar o português mais coloquial.
    Acho que está faltando muito nas escolas de hoje :( infelizmente.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula,
      Obrigado, o escrever coloquial é justamente uma forma de não escrever o culto o tempo todo, e muitas vezes necessitamos disso. A questão de abreviar é até uma necessidade dos dias de hoje, mas escrever errado... isso não.
      bjs

      Excluir
  20. Olá!
    Olha, gostei do seu texto!
    Acho que é tudo uma questão de adequação, depende do lugar, da hora e com quem se fala. A língua está em constante movimento!
    Beijos
    http://www.vivendonoinfinito.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Beatriz,
      A comunicação da pessoa tem muitas variáveis e se pode usar qualquer uma delas... menos a errada. Minha opinião.
      bjs

      Excluir
  21. Gostei muito do seu texto e também fiquei bem contrariada quando vi essa matéria sobre essa nova palhaçada de escreverem como falam. Não seria melhor ensiná-los a escrever da forma correta? Não, porque isso gastaria tempo e o mais importante, DINHEIRO. Deu até raiva agora. Quanto as abreviações eu uso demais no meu dia a dia, não tem como, é automático, mas muitas vezes tenho que me policiar também, porque essa mania acaba muitas vezes virando hábito quando vou escrever um texto, as vezes preciso mudar várias vezes o VC nos textos.
    ótimo texto.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simeia,
      O incentivo ao estudo pelo governo está errado... devemos investir na base.. não na faculdade. ao menos, por ora. Assim que realmente tivermos pessoas que sabem ler, escrever e interpretar um texto aí poderemos nos voltar para a faculdade. Quanto ao VC, imagine para mim que sou escritor, me policiar nos textos hehehehe.
      Obrigado pelo elogio.
      bjs

      Excluir
  22. Oie, Antônio! Tudo bem?
    Gostei bastante da sua postagem, concordo com número, gênero e grau. Acho um absurdo esse negócio de mudar a língua portuguesa para escrever da mesma forma que falamos, até porque isso seria ruim pra muita gente que aprendeu da outra maneira.
    Beijos!

    http://leit0res.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz,
      Não devemos mudar para pior, e sim para melhor... o que se deve fazer é investir mais na base... isso é essencial.
      bjs

      Excluir
  23. Olá

    Adorei o texto, esse é um tema que cada vez menos é discutido na sociedade e cada vez mais o povo escreve pior e as medidas que o governo pensa em fazer também é sempre para piorar a situação.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liv,
      Obrigado, temos que discutir muito esse assunto... sempre. E cobrar do governo uma ação mais contundente sobre a educação de nossos filhos.
      bjs

      Excluir
  24. Olá! Esse texto é muito reflexivo, ainda mais pra quem já nasceu no mundo da internet e mal teve escolha de escrever correto. Na língua portuguesa teve que ser "criada" uma parte que chama linguagem virtual, que na minha opinião deve ser usada estritamente na internet, com amigos. Apenas. Eu detesto ler textos, comentários, ainda mais resenhas, com uma linguagem tão informal. Prefiro respeitar as tradições corretas.
    Ótimo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa,
      Obrigado. As tradições são para serem seguidas. Nós temos normas da Língua e eu também acredito que possam e devam ser seguidas. e depois de dominar, podemos usar tanto a língua coloquial quanto a culta.
      bjs

      Excluir